quinta-feira, 3 de novembro de 2016

DNA de cães para identificar donos que não recolherem cocô

A cidade de Mislata, em Valência, na Espanha, está disposta a acabar com os cocôs de animais de estimação espalhados pelas ruas. 

Por isso, vai criar um banco de DNA para todos os cães da cidade com o objetivo de identificar os proprietários que permitem que seis animais de estimação sujam cidade e não limpem. Segundo informações da “BBC”, quando encontrarem uma sujeira nas ruas os funcionários de limpeza vão levá-los para um laboratório onde policiais farão a análise do DNA. 

Os proprietários dos cachorros têm até 31 de dezembro para levarem seus cães para um veterinário para que a amostra de sangue seja recolhida gratuitamente. Quem não registrar o DNA pagará uma multa de 300 euros, o equivalente a R$ 1.080. Já a multa para quem sujar as ruas será de 200 euros, cerca de R$ 720.

Nenhum comentário:

Postar um comentário