domingo, 6 de novembro de 2016

Homem que estuprou e matou prima é condenado a 31 anos de prisão

Emerson de Jesus Santos, o Pikuã, de 31 anos de idade, foi condenado a 31 anos e 4 meses de prisão pela morte da própria prima Andressa dos Santos Ferreira, de 6 anos, em agosto de 2013, em Almadina. O julgamento ocorreu ontem, no fórum de Coaraci.

O criminoso raptou, estuprou e matou a menina. À polícia, Emerson confessou os crimes e disse ter praticado como vingança contra a mãe da garota, pois, afirmou, era chamado de drogado e traficante.

De acordo com depoimento dele à época, a menina acabou morta após dez dias de cativeiro. Emerson jogou o corpo da garota no leito do Rio Almada, no final de agosto daquele ano, sendo encontrado vinte dias depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário