sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Atualizada: Homicida procurado tomba em confronto com a polícia cívil de Itabuna, em Itamaracá

O homicida Rafael Fininho morreu na manhã desta sexta-feira (18) em confronto com a Polícia Civil em Itamaracá. De acordo com o delegado André Aragão, ao dar a voz de prisão contra o indivíduo, o mesmo reagiu atirando contra a polícia - que revidou.

Rafael Fininho era morador do Banco Raso em Itabuna, integrante da facção DMP e acusado de diversos crimes como homicídios e assaltos, principalmente na zona rural de Buerarema. 

O acusado possuía mandado de prisão preventiva pela Comarca de Buerarema por prática de roubo. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38.
_________________________________________________________________________

Atualizada as 20:34

Em entrevista ao repórter Oziel Aragão, pela Rádio Difusora Sul da Bahia, o delegado André Aragão, informou que o criminoso Rafael Fininho, morto nesta manhã (18) em confronto com a Polícia Civil, estava envolvido em vários roubos na região de  Itamaracá e Buerarema.  

Além disso, Rafael Fininho é suspeito de envolvimento  em um dos últimos  homicídios ocorridos em Itabuna. A polícia investiga a participação dele no crime ocorrido no bairro Conceição, no dia 06 de novembro deste ano. A participação nos crimes do último feriado também não está descartada, mas a polícia ainda está em investigação.


Rafael Fininho é irmão e braço direito de Tica-Tica, criminoso de alta periculosidade que está preso no Conjunto penal de Itabuna.


Mais fotos em instantes...

2 comentários: