sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Oftalmologista alerta: Diabetes mal controlada aumenta riscos de doenças oculares

No mundo existe cerca de 347 milhões de pessoas acometidas pelo diabetes, segundo dados da Organização Mundial de Saúde. Se controlada, a doença não prejudica a qualidade de vida do paciente; porém, se não houver o controle adequado, o diabético pode ter sérios riscos na saúde, dentre eles na visão. O risco aumenta porque a diabetes provoca alterações nos vasos dos olhos, o que leva à retinopatia diabética, uma das principais causas de cegueira. De acordo com a oftalmologista especialista em retina e vítreo do DayHORC– Hospital de Olhos Ruy Cunha,Tâmara Lopes – CRM 14.784 , além da retinopatia, estudos divulgados pela Sociedade Brasileira de Diabetes revelam dados surpreendentes,nos quais os diabéticos tem 40% mais chances de desenvolver glaucoma e 60% mais chances de desenvolver a catarata.

A retinopatia diabética pode afetar os portadores da diabetes tipo 1 quanto a diabetes tipo 2. Para combater a doença, a oftalmologista explica que é preciso acompanhamento e a realização de exames periódicos.

“ O agravamento da retinopatia é a principal causa de perda de visão nas pessoas com diabetes. Reconhecida como uma doença silenciosa, nem sempre apresenta sintomas, pois muitas vezes os sintomas são tardios. O diagnóstico implica de maneira importante no resultado do tratamento, pois a retina pode estar seriamente danificada antes que se tenha qualquer alteração de visão.”, informou a oftalmologista que enfatizou a importância da realização do exame para detecção da doença. “O exame feito é o de mapeamento de retina. Após o diagnostico o médico vai indicar o melhor tratamento para o controle da doença”.

A médica explica ainda que a catarata, glaucoma e retinopatia são doenças distintas. Elas não possuem relação uma com a outras, mas, todas elas podem acontecer com mais frequência nas pessoas que têm diabetes. “A catarata é a opacificação da lente que temos no olho e o tratamento consiste exatamente na substituição da lente natural por uma lente intraocular artificial. Já o glaucoma é a elevação da pressão nos olhos, enquanto os problemas de retina configuram a retinopatia”, esclarece Tâmara Lopes.

Prevenção

O mais importante é controlar bem a glicose, mantendo o diabetes estabilizado, assim como a pressão arterial. Além disso, todas as pessoas com diabetes devem ir ao oftalmologista anualmente.

Sintomas da retinopatia diabética

Visão embaçada

Flashes de luz no campo de visão

Perda repentina de visão

Manchas na visão

Foto legenda: A oftalmologista especialista em retina e vitreo, Drª. Tâmara Lopes – CRM 14.784, sugere aos portadores de diabetes pelo menos uma visita anual ao oftalmologista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário