terça-feira, 15 de novembro de 2016

Para Temer, prisão de Lula poderia causar instabilidade no país

O presidente Michel Temer afirmou na noite da última segunda-feira (14) em entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, que acredita que a prisão de Lula poderia causar instabilidade no país, e pediu “naturalidade” nas investigações.

Temer foi questionado também em relação à lei sobre o abuso de autoridade, muito criticada especialmente pelos integrantes da Lava Jato, por acreditarem que as medidas atrapalhariam as investigações. O atual presidente negou que as propostas atrasariam de alguma maneira as investigações.

Sobre o que pensa a respeito da força-tarefa, o presidente afirmou que defende "a atividade do Judiciário e do Ministério Público". "Vamos deixar o Judiciário trabalhar. E vamos trabalhar no Executivo. Se acontecer alguma coisa, paciência", completou sobre o possível envolvimento de seus aliados no esquema de corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário