terça-feira, 8 de novembro de 2016

Paralisação na coleta de lixo em Itabuna

Uma assembleia dos trabalhadores realizada na noite desta terça-feira,08, definiu pela interrupção do serviço de coleta de lixo domiciliar da cidade Itabuna. A ação é resultado da falta de pagamento de salário dos motoristas, coletores e garis.

Mais de 93 trabalhadores a partir de hoje, estão de braços cruzados até que a prefeitura de Itabuna através da empresa responsável pela contratação da mão de obra, a Biosenear soluções ambientais, pague o salário atrasado do mês outubro.

“Não podemos aceitar que o pai de família saia de sua casa todos os dias para trabalhar e garantir o pão, não receba seu salário fruto do seu suor”, reclama o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Sul e Estremo Sul (Sindilimp) José Carlos Conceição de Jesus. 

Segundo o Sindilimp que pede a compreensão da população pelos transtornos, “a paralisação é por tempo indeterminada e a categoria voltará as suas atividades após a empresa pagar os trabalhadores”.  A preocupação e o medo de calote aumentam com perspectiva de ainda ter mais dois meses até o fim da atual gestão municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário