sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Polícia ouve testemunhas sobre a morte de argentino em Morro de São Paulo

José Henrique, acusado de cometer o crime
Três pessoas foram ouvidas, nesta quinta-feira (3), sobre a morte do argentino Marcelo Gabriel Rey, ocorrida em Morro de São Paulo, Cairu, ocorrida na noite de terça (1º).

Equipes da Polícia Civil deram inícios às investigações logo após o crime. O autor do homicídio, segundo a polícia, foi José Henrique Pereira Pinto, 37 anos, carioca, que trabalhava nas praias da região vendendo chocolate.

A titular da Delegacia Territorial de Cairu, Argimária Freitas de Sousa Soares, informou que Henrique, como é conhecido, e a vítima estavam num bar. Após discussão, José Henrique começou a espancar a vítima. As agressões continuaram mesmo após Marcelo cair, já desfalecido.

– Sabemos que o agressor fugiu de Morro de São Paulo utilizando uma lancha. Ele dizia ser ex-agente público da secretaria da Segurança Pública do Espírito Santo – disse a delegada.

De acordo com Argimária, Henrique tinha passagem na polícia por causa de uma briga, em Arraial D’Ajuda, Porto Seguro, em 2011. O acusado de assassinar Marcelo Gabriel Rey responderá por lesão corporal seguida de morte. (Pimenta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário