quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Avião da Chapecoense estava sem combustível ao cair, diz autoridade colombiana

A aeronave com a delegação da Chapecoense estava sem nenhum combustível ao cair, apontam os resultados preliminares da investigação do acidente, divulgados na noite desta quarta-feira (30) em Medellín, na Colômbia. A aeronave bateu contra uma montanha na cidade de La Unión na madrugada de terça-feira (29). 

Das 77 pessoas a bordo, 71 morreram e seis sobreviveram. A constatação da ausência de combustível se deu nas primeiras inspeções dos destroços do avião, afirmou Freddy Bonilla, secretário de Segurança Aérea da Colômbia. Diante das evidências, segundo ele, os investigadores trabalham com a hipótese de "pane seca", quando a falta de combustível faz parar os sistemas elétricos da aeronave. Uma gravação divulgada pela imprensa colombiana nesta quarta mostra conversa entre um dos pilotos do voo em que ele pede prioridade à controladora de tráfego aéreo justamente em razão da falta de combustível. 

Bonilla afirmou que a equipe de investigação já tem todas as transcrições das conversas entre o voo da LaMia e o controle de tráfego aéreo. A aeronave acidentada era um Avro RJ-85, da companhia aérea boliviana LaMia. O avião havia partido de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, rumo ao aeroporto José María Córdova, em Medellín. Fretado pela Chapecoense, levava atletas, dirigentes, jornalistas e convidados para a partida contra o Atlético Nacional, pela final da Copa Sul-Americana. Em razão do acidente, a partida foi adiada.


Veja a transcrição feita pela Blu Radio

Piloto: Senhorita, Lamia 933 está em falha total, falha elétrica total, sem combustível

Torre de controle: Pista livre e esperando a chuva sobre a superfície Lamia 933, bombeiros alertados.

Piloto: Vetores senhorita, vetores à pista.

Torre de controle: o radar de sinal se perdeu, não há notificação rume agora.

Piloto 933: Estamos com rumo 3-6-0, com rumo 3-6-0.

Torre de controle: Vire à esquerda 0-1-0. Proceder ao localizador de Ríonegro. uma milha à frente da beira...confirmo à esquerda com rumo 3-5-0

Piloto 933: À esquerda 3-5-0 senhorita.

Torre de controle: Está bem, você está a uma milha do Ríonegro.

Torre de controle: Não tenho sua altitude Lamia 933.

Piloto: 9 mil pés, senhorita. Vetores, vetores!

Torre de controle: Está a 8,2 milhas da pista

Piloto: Jesus!

Torre de controle: Que altitude tem agora?

Outra voz na torre de controle: Já não responde.

11 comentários:

  1. Então não foi um acidente,foi uma economia porca do piloto e dono do avião ocasionado por imperícia e negligência. Matou muitos pais de família e deixou familiares em prantos.

    ResponderExcluir
  2. Não poderia ser o maior avião do mundo cheio de políticos ladrões?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um avião cheio de políticos caindo sobre qualquer área não é um acidente companheiro(a), é um atentado terrorista.

      Excluir
  3. Rum isso está misterioso demais.

    ResponderExcluir
  4. Que porra foi essa que irresponsabilidade processo nessa impresa relenta

    ResponderExcluir
  5. Que Dues conforte estes familia

    ResponderExcluir
  6. Que Deus ilumine e bote estes almas ne um bom lugar amém

    ResponderExcluir
  7. Apenas uma empresa de merda, administrada por um bandido. No final, ninguém será punido.

    ResponderExcluir
  8. se fosse politicos inha ser um ano atraso so de luto

    ResponderExcluir
  9. Depois ainda criticam nós que somos evangélicos,a morte só que uma disculpa,isso tudo esta cheio de mistérios,o homem esta confundido.

    ResponderExcluir