domingo, 19 de março de 2017

Advogado morre após cair de prédio do Congresso Nacional

O advogado Adriano de Rezende Naves, 42 anos, morreu após cair do 19º andar do prédio do Congresso Nacional nesta sexta-feira (17), por volta das 12h40. Segundo informações do portal Metrópoles, Naves caiu no espelho d’água. As causas da queda ainda não estão sendo apuradas pela polícia. 

Segundo a assessoria da Câmara dos Deputados, a vítima não era servidor ou funcionário terceirizado da Casa, mas seria um visitante. O Departamento de Polícia Legislativa (Depol) abriu inquérito para apurar o caso e analisará as imagens das câmeras de segurança do edifício. O prédio tem 28 andares e as janelas são parafusadas desde a década de 1990 por medidas de segurança, após um suicídio ocorrido no local. 

Testemunhas afirmam que a queda causou ruído e chamou a atenção das pessoas que estavam no local.  “Eu pensei que tivessem jogado uma bomba. Corri para ver o que era”, relatou Lera Freire, 52, funcionária terceirizada no Senado. Uma viatura do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas Naves já estava sem sinais vitais quando a equipe chegou.  A Polícia Civil fez perícia no local e o corpo foi removido por volta das 15h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário