terça-feira, 14 de março de 2017

Agente penitenciário é baleado em tentativa de assalto em ônibus da Rota transporte


Passageiros que estavam em um ônibus da viação Rota Transporte que fazia a linha Itabuna-Itajuípe viveram momentos de terror na noite desta terça-feira (14), em Itabuna. Era por volta das 20h, quando quatro indivíduos entraram no ônibus no ponto de parada que fica próximo à Casa Vita, na Avenida Amélia Amado. Após entrarem no ônibus, chegando próximo ao Motel Veneza, os indivíduos armados anunciaram o assalto e iniciaram uma sessão de terror com os passageiros.

Segundo informações, um deles ficou na frente do ônibus, próximo ao motorista, enquanto os outros três pularam a catraca e tomavam os pertences das vítimas. O ônibus estava com pelo menos 40 passageiros, dentre eles havia agentes penitenciários, um deles reagiu e acabou sendo baleado com um tiro na cabeça. Houve uma intensa troca de tiros com o ônibus ainda em movimento na BR 101.

Chegando próximo ao posto Atalaia o ônibus parou e três dos criminosos conseguiram fugir sentido ao bairro São Lourenço. Na troca de tiros um dos criminosos identificado como Igor Tales Bispo dos Santos, de 24 anos, foi atingido com um tiro no tórax. Ele foi socorrido para o Hospital de Base onde vai ficar custodiado.

Igor era morador do Bairro Jaçanã, e está morando a pouco tempo no condomínio Jubiabá, no projeto Minha Casa Minha Vida em Nova Ferradas.

Igor disse para equipe do Verdinho que fez o assalto porque estava devendo R$ 220 na boca de fumo.
Já o agente penitenciário alvejado foi identificado como Ronaldo Rocha Chaves, de 50 anos, morador da cidade de Itajuípe. Ronaldo foi atingido com um tiro na cabeça e socorrido inicialmente para o Hospital de Base, em seguida foi transferido para a Santa Casa de Itabuna, onde passará por cirurgia. Segundo informações, o seu quadro de saúde é estável.

Todos os passageiros ficaram em estado de pânico. Tanto o ônibus, quanto os passageiros foram deslocados para o Posto da Polícia Rodoviária Federal na BR 101. A Polícia Militar foi acionada e fez diligências nas imediações, mas os comparsas do crime até o momento não foram presos.

A empresa Rota Transporte disponibilizou outro ônibus para levar seus ocupantes até o destino da viagem, mas uma parte das vítimas foram para a delegacia de Itabuna registrar ocorrência.

O acusado detido pela polícia não quis identificar o nomes dos seus comparsas. A Polícia está no encalço dos demais envolvidos.