quinta-feira, 2 de março de 2017

Com menos cordas, agressões caem, mas roubos sobem na Bahia

No ano marcado pelo crescimento dos desfiles de blocos sem cordas, o Carnaval de Salvador registrou uma queda no número de agressões. Os atendimentos médicos decorrentes de agressões físicas no Carnaval caíram de 757 no ano passado para 587 este ano, queda de 22%. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde.

Também caíram as ocorrências de agressão registradas pela polícia, aponta a pasta da Segurança Pública. No ano passado foram 176 queixas contra 99 este ano -uma queda de 44%.

O número de tentativas de homicídio caiu de cinco para duas. Contudo, foram registrados dois homicídios nos circuitos da festa -igual ao ano passado. A quantidade de furtos e roubos registrados avançou 6,4% em comparação ao Carnaval do ano passado. Com informações da Folhapress.

Nenhum comentário:

Postar um comentário