segunda-feira, 20 de março de 2017

Empresa BRF, responsável pela Sadia e Perdigão, entra em contato com o Verdinho e pede direito de resposta

A assessoria de Comunicação da empresa brasileira BRF, responsável pelas marcas Sadia, e Perdigão, entrou em contato com a equipe do Verdinho Itabuna pedindo direito de resposta sobre uma matéria que foi publicada por este blog na última sexta-feira (17), na qual falava sobre a Operação da Polícia Federal, denominada “Carne Fraca”. 

A matéria publicada foi uma reprodução do site "Ego" cuja a matéria tinha como reportagem principal, o posicionamento do ator e garoto propaganda da Friboi, Tony Ramos, sobre  a investigação das carnes que estavam sendo vendidas ilegalmente.

Na matéria citava duas supostas marcas pertencentes a BRF que também estariam sendo vendidas ilegalmente, e seriam elas “Batavo” e “Elegê”. Porém a publicação da matéria em nosso blog chegou ao conhecimento da BRF, uma das maiores empresas do setor de carne do Brasil, que entrou em contato com o Verdinho e nos solicitou direito de resposta, pedido esse, concedido pelo proprietário do blog.


São Paulo, 20 de março de 2017 – Diferentemente do que foi publicado, informamos que as marcas Batavo e Elegê não pertencem a BRF como foi citado na matéria. Desde 2015, estas marcas passaram a integrar o portfólio da Lactalis, maior grupo de laticínios do mundo, e atua seguindo rigorosos processos de segurança visando a qualidade dos seus produtos e o respeito aos consumidores em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário