quarta-feira, 29 de março de 2017

Após receber telefonema, adolescente sai de casa e é assassinada no São Roque


Uma adolescente identificada como Tácila Oliveira Rodrigues dos Santos, 15 anos, foi assassinada  na noite desta quarta-feira (29), no bairro São Roque (Caixa D'água) em Itabuna.            
 
Segundo familiares, a adolescente estava em casa com a avó, no bairro de Fátima, quando recebeu uma ligação e saiu. Momentos depois, ela foi encontrada morta no bairro vizinho.

Populares informaram que ouviram pelo menos três disparos de arma de fogo. A denúncia foi feita à polícia, que encontrou Tácila em uma localidade de difícil acesso, em uma espécie de ramal que liga o São Roque ao Castália. No local, peritos constataram um tiro na região da nuca.
Parentes da garota afirmaram que ela estava envolvida com más companhias. O pai da vítima, Robson Rodrigues Santos, também foi assassinado no dia 4 de fevereiro de 2012 no bairro de Fátima, na época, ele foi morto com tiros de pistola dentro de uma  central de  moto-táxi.

De acordo com um conhecido de Tácila, que preferiu não se identificar, ela estaria namorando Adilson José da Silva Júnior, vulgo “Júnior Secão”. Ele possui diversas passagens pela polícia, sendo apontado como autor de diversos assaltos na cidade. "Secão" é preso frequentemente portando armas. Ele foi preso mais uma vez no dia 4 de março deste ano.

Com esta morte, já são 41 assassinatos registrados este ano na cidade de Itabuna, sendo a 17ª morte do mês de março. Em todo o mês de março de 2016, foram registrados apenas 7 homicídios.



*Mulheres*

Tácila Oliveira Rodrigues dos Santos
Com esta morte, cresce também o número de mulheres vítimas de assassinato em Itabuna. Este mês, já foram registradas 5 mortes de mulheres; as motivações são diversas.

Em 12 de março, a idosa Vanda de Souza Lima, 69 anos, estava em uma festa no bairro Califórnia, quando foi atingida por tiros e morreu no local. Os disparos eram para uma outra pessoa, que também foi atingida. Vanda foi vítima de bala perdida.

No dia 15 de março, Rosimaria Lemos de Sousa, 24 anos, foi assassinada com sete tiros na casa onde morava no bairro Pedro Jerônimo. Na mesma casa, Rosimaria possuía um bar. No estabelecimento, dias antes do crime, teria ocorrido uma briga e tiros chegaram a ser deflagrados. A polícia investiga o caso.

Após passar 20 dias internadas, Ana Carolina Oliveira Conceição, 23 anos, morreu no dia 11 de março no Hospital de Base de Itabuna. Ana Carolina, que era conhecida por ser usuária de drogas, foi estuprada, espancada e esfaqueada em uma estrada do final de linha do bairro Califórnia.

No último dia 25, Eliete Rebouças de Santos, 47 anos, também foi vítima de feminicídio. Ela morreu após ser esfaqueada pelo marido, Lazaro Campelo Sagramento, 41 anos. O acusado se matou em seguida. Segundo vizinhos, a briga do casal foi motivada por ciúmes.

Veja matéria do pai de Tácila:
Violência não para, sétimo homicídio registrado em Itabuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário