quinta-feira, 9 de março de 2017

Professor é assassinado dentro de carro em Itabuna

Ainda é mistério a causa do assassinato do professor Samarone Rodrigues Silva, de 40 anos, encontrado dentro do carro, na madrugada dests quinta-feira (9), no bairro Banco Raso. Ele trabalhava há 20 anos no CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) e tinha contato constante com menores em conflito com a lei.

A vítima morava na rua São Francisco, bairro Fátima, com a mãe. Era muito querido pelos vizinhos e colegas de trabalho. Na noite de quarta, ele estava com um amigo e o companheiro na porta de casa, quando recebeu um telefonema e disse que iria até a casa de outra amiga no bairro Pontalzinho. De lá saiu e não mais voltou.
Samarone foi atingido por dois tiros e os pertences dele, como carteira e celular, ficaram no carro, o que afasta a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte). As imagens das câmeras de segurança próximas ao local do crime deverão ajudar nas investigações.

No Facebook do professor, uma amiga descreveu como ele era visto entre os seus mais próximos: “Sam era muito família, a mãe era sua rainha, sua vozinha, a irmã e a filhinha seu grande e eterno amor”. Foi o 4º homicídio de março e o 28º de 2017 em Itabuna.


Nenhum comentário:

Postar um comentário