quarta-feira, 1 de março de 2017

Suspeito de matar policial civil em Itaparica é preso

O homem suspeito de balear uma pessoa e matar outras duas, entre elas um policial civil, em Itaparica, na madrugada desta quarta-feira (1º), foi preso. Samuel Gomes Conceição, o Macaule, 21 anos, estava na casa de um amigo, na comunidade de Alto de Santo Antônio, em Itaparica, quando foi preso por investigadores da 9ª Delegacia (Boca do Rio), onde o policial era lotado. O bairro de Alto de Santo Antônio, onde Samuel foi preso, é o mesmo em que morava o investigador Márcio de Jesus Santos, 47 anos. 

O policial estava caminhando por uma praça, no centro da cidade, quando foi atingido nas costas por uma bala perdida. Ele foi socorrido para o Hospital de Santo Antônio de Jesus, mas não resistiu aos ferimentos. O tiro que atingiu Márcio foi disparado por Samuel durante uma discussão com Leandro Lima dos Santos, o Léo, 27, que também morreu depois de ser baleado no abdômen. 

Samuel mora em Salvador, no bairro da Liberdade, e não tem registro policial. Ele não informou o motivo da discussão com Léo. Segundo a titular da 9ª Delegacia, Rogéria Araújo, alguns investigadores da unidade estiveram na casa da mãe dele pela manhã. A mulher disse não saber do paradeiro do filho, mas informou que ele iria se apresentar na delegacia em breve. "Os policiais, então, concentraram a ação em Itaparica e encontraram ele na localidade de Alto de Santo Antônio. No momento da prisão, ele confessou o crime e levou os investigadores até a casa da pessoa que teria fornecido a arma usada no crime, um revólver calibre 38. Essa pessoa também foi conduzida para a delegacia de Itaparica", afirmou a delegada ao Correio da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário