quinta-feira, 27 de abril de 2017

Greve geral: Associação de praças da PM nega paralisação de atividades nesta sexta

A Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar da Bahia (APPMBA) negou que a categoria vai aderir à greve geral desta sexta-feira (28). O posicionamento é uma resposta à mensagem que circula no WhatsApp, segundo a qual não haveria nenhuma viatura nas ruas para chamar a atenção do governador Rui Costa para ao reajuste defasado da GAP e do soldo. "Entendendo que este é um momento que a população baiana mais precisa do efetivo policial trabalhando nas ruas para que o povo possa exercer com segurança e tranquilidade suas legítimas reivindicações, a APPMBA repudia qualquer nota em seu nome convocando a tropa para participar de qualquer movimento que possa colocar em risco a segurança dos cidadãos baianos", disse a entidade, em contato com o Bahia Notícias. 

A APPMBA reforçou que toda sua comunicação é realizada de forma padrão, seguindo uma identidade visual, e por meio dos seus canais oficiais - site, fan page no Facebook e Instagram. Diante do boato, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e o Comando-Geral da Polícia Militar reforçaram o posicionamento da entidade de praças. Por meio de nota, destacaram que o policiamento será mantido em todo o estado. "A SSP enfatiza que será garantido o direito democrático dos baianos protestarem. Havendo bloqueio de rodovias, estradas ou qualquer tipo de via, serão adotados os protocolos para liberação do trânsito, pois é preciso garantir também o direito de ir e vir do cidadão que não aderiu ao movimento", acrescentou o órgão de segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário