sexta-feira, 7 de abril de 2017

Irmão de Mário Negromonte é condenado a três anos de prisão em segunda instância

O irmão do ex-ministro Mário Negromonte, Adarico Negromonte, foi condenado nesta quinta-feira (6) a três anos e seis meses de prisão pela segunda instância da Justiça Federal por organização criminosa. 

Em julho de 2015, Adarico foi inocentado pelo juiz Sérgio Moro por falta de provas. De acordo com O Globo, Adarico trabalhou para o doleiro Albertou Youssef e chegou a dizer para a Polícia Federal que carregou envelopes a lacrados a pedido dele. Depois da absolvição há dois anos, o Ministério Público Federal (MPF) recorreu da decisão e pediu a condenação de Adarico. Desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) reformaram a decisão de Moro por entender que Adarico participou de organização criminosa. 

A pena pode ser cumprida em regime semiaberto. Outro funcionário de Youssef absolvido por Moro, Waldormiro Oliveira também foi condenado na sessão desta quinta, mas a  cinco anos e três meses de prisão por lavagem de dinheiro. Os desembargadores ainda aumentaram em dois anos a pena de Jayme Alves de Oliveira Filho, agente da PF conhecido como 'Jayme Careca', também por prestar serviços a Youssef. 'Jayme Careca' deverá ficar 13 anos, três meses e 15 dias na prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário