terça-feira, 11 de abril de 2017

Jovem que jogou recém-nascido pela janela diz que não sabia que estava grávida

A mãe que foi presa após jogar o filho recém-nascido do quinto andar de um prédio em Goiânia (GO) afirmou que não sabia que estava grávida e se surpreendeu na noite de sábado com o parto. Bruna Caroline Barbosa, 23 anos, diz que ficou sem saber o que fazer e atirou a menina pela janela.

"Estava grávida e não estava nem sabendo. Foi quando eu tive a surpresa que o bebê desceu dentro de mim, minha reação foi espontânea: pegar o bebê e jogar", disse ela à Record TV. Ela alegou que a menstruação não foi interrompida durante a gravidez e ainda disse que "como não estava sabendo, guardava para mim mesmo". 

A estudante afirmou que nem olhou se o bebê era menino ou menina. "Fiquei muito assustada. Minha reação foi espontânea. O que vou fazer? Minha vida acabou. Só pensei nisso: jogar a criança". 

A polícia de Goiânia foi chamada por volta das 13h de domingo, quando um vizinho da estudante notou um movimento incomum de urubus e desceu na marquise interna do prédio, achando o corpo do bebê. Os investigadores foram até o local e notaram sangue na janela de um apartamento do quinto andar. Abordada, a jovem assumiu o crime.

"A princípio o casal negou, mas a filha deles acabou admitindo. Ela contou que teve o nenê sem saber da gravidez e ficou assustada. Estava sozinha, ficou com medo do pai e da mãe, tem 23 anos, é solteira e acabou jogando o bebê pela janela", explicou ao Uol o delegado Caetano Junior.

Segundo o delegado, a jovem não estava desesperada e nem chorou. Bruna Caroline foi presa em flagrante. Um exame vai determinar se o bebê nasceu vivo ou morto e a estudante pode responder por homicídio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário