terça-feira, 18 de abril de 2017

Operação Kamacan: 21 pessoas são presas em ação da Polícia Civil

Foto: O tempo Jornalismo
Nesta terça-feira (18), a polícia civil da 6ª COORPIN, com sede em Itabuna, realizou a operação “Kamacan”. Policiais das 7ª e 23ª Coorpins, sediadas em Ilhéus e Eunápolis, deram suporte a ação que teve a participação de um total de 130 agentes de segurança, divididos em 30 equipes, para a tentativa de cumprir 30 mandados de prisão. No total, 21 pessoas foram presas. Elas são suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas em Camacan e em outras cidades do Sul da Bahia. 

Segundo informações policiais, em Camacan, existe uma ramificação da facção criminosa Raio A, de Itabuna. 

A polícia ainda apreendeu 3 aparelhos celulares, notebooks, documentos de veículos, anotações do tráfico, cartões de banco, pendrives, duas folhas de cheques no valor de R$ 1.100,00 e R$ 550,00, R$ 7.456,00 (sete mil, quatrocentos e cinquenta e seis reais) em espécie e uma espingarda municiada com 01 cartucho.
Os presos são: Edilson Rocha de Carvalho; Heberth Gomes Santos, vulgo “Rebe”; Sávio Nascimento Leal; Sônia de Jesus Santos; Thacizio Victor Macedo Mota; Fábio Tarcísio Esteves Figueredo, vulgo “Fábio Cabeção”; Almir Andrade dá Silva, vulgo Bureco; Karen Lais Jesus Monteiro; Paulo Ricardo Santos Rezende, vulgo Paulinho”, preso em Porto Seguro; Josevaldo Gomes Santos; Marcos Ricardo Santos Rezende, Galego; José Benício de Jesus da Silva; Herlan de Assis Silva; Cassiano Souza Santos; Erenilson Flora dos Santos, vulgo “Paulista”; Erivelton Moreira Resende, vulgo “Bolo”; Welisson Oliveira Silva, vulgo “Nego Leo”; Leonardo da Silva Nascimento, vulgo “Dadinho”; David de Jesus Araújo; Givanildo Santos da Silva; e Gilenildo Santos Silva.

A polícia segue a investigação e tenta prender Emisson Ribeiro da Silva, vulgo "Eré", apontado como líder do grupo criminoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário