quarta-feira, 26 de abril de 2017

Suspeito de matar enfermeira tinha prestado serviço para a vítima

O homem suspeito de matar a enfermeira Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, com golpes de faca dentro de casa da vítima, em Alagoinhas, distante 110 km de Salvador, já prestou serviço, ao menos uma vez, para Rosêngela. Ele foi identificado como Edvan Alves dos Santos, mais conhecido como Van. A foto dele também foi divulgada.

Conforme a polícia, o suspeito tem 28 anos e já tem passagem por furto. A mãe dele foi ouvida na delegacia e disse que, há seis meses, Edvan esteve na casa da enferemeira para tirar cocos e limpar um coqueiro que fica no quintal da casa da vítima, informou a polícia.

O suspeito foi identificado após o celular da vítima ser apreendido com um receptador que comprou o aparelho na mão de Edvan. O receptador foi detido pela polícia, em Alagoinhas, e apontou o suspeito como vendedor do celular da vítima. O rapaz detido foi liberado após pagar fiança. O valor não foi informado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário