sexta-feira, 14 de abril de 2017

Taxa de turismo em Porto Seguro é substituída por contribuição voluntária

Mesmo aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pela prefeita de Porto Seguro, no sul da Bahia, a taxa de turismo, que estava prevista pra entrar em vigor neste mês, foi substituída por uma contribuição voluntária, ou seja, os turistas pagam se quiser o valor extra pela hospedagem. Segundo o projeto de lei que instituiu o pagamento da taxa, os turistas teriam que pagar R$ 2 por dia hospedado na cidade. 

O valor seria repassado ao Fundo Municipal de Turismo, que é gerido pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Turístico, que decidiria o que fazer com o dinheiro arrecadado com a taxa. Contudo, antes de entrar em vigor, a taxa foi substituída pela "contribuição voluntária de turismo sustentável". Apenas os hotéis que assinarem um termo de compromisso com o Conselho Municipal de Turismo vão ter que pagar a contribuição. 

Os hotéis podem contar com a contribuição do hóspede, mas eles não serão obrigados a pagar a taxa. A contribuição voluntária foi uma proposta da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH). “Quando percebemos que havia posições distintas de diversos empresários, nós criamos essa proposta", conta Wilson Spagnol, presidente da ABIH no extremo sul da Bahia. Os hoteleiros que aderirem a essa contribuição voluntária vão te que pagar R$ 15 por mês por apartamento e, a partir de julho, o valor passa para R$ 20 por mês por quarto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário