sexta-feira, 7 de abril de 2017

Vacinação contra febre amarela acende alerta para redução na doação de sangue,

O aumento da procura por vacinas contra a febre amarela acende o alerta sobre o risco de redução de doação de sangue na Bahia. A informação é da Fundação de Hematologia e Hemoterapia (Hemoba) que, seguindo orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde, não permite a doação de pessoas que tenham sido vacinadas contra o vírus durante um período de 30 dias.

Iraildes Santana, diretora de Hemoterapia da Fundação Hemoba, esclarece o motivo da proibição. “Essa vacina é uma vacina de vírus vivo atenuado. Então, para evitar qualquer risco de transmissão, o doador fica afastado por esse período de quatro semanas por segurança”, explica.

Por conta da restrição de doação, Iraildes Santana pede que as pessoas interessadas doem sangue antes de irem aos postos de vacinação. “Então, a gente convida as pessoas que querem doar sangue, que doem antes de tomar a vacina, para que possamos manter os nossos estoques regulares, especialmente neste período que vamos entrar, de feriado”.

A preocupação do Hemoba está relacionada com a proximidade dos feriados de Tiradentes e Páscoa, quando há uma elevação dos acidentes nas estradas e, consequentemente, no uso do sangue dos estoques para atender às vítimas. G1 Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário