sexta-feira, 5 de maio de 2017

Coronel comemora aniversário, é esquecido por Rui, mas recebe afago de Neto

No dia em que completou 59 anos, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Ângelo Coronel (PSD), não recebeu sequer uma ligação de felicitação dos principais aliados do governo estadual, a começar pelo governador Rui Costa (PT). O pessedista confirmou nesta quinta, em entrevista ao programa Se Liga Bocão, na Itapoan FM, que também não foi lembrado pelo ex-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, e pelo secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes.

Ligeiramente sem graça, Coronel mostrou compreensão com a falta da lembrança. “Sem problemas, é muita coisa na cabeça, muita coisa para resolver”.

Mas o afago que faltou ao Palácio de Ondina, sobrou no Thomé de Souza. Nos bastidores, corre a informação que o prefeito ACM Neto (DEM) registrou votos de vida longa ao fiel escudeiro do senador e presidente do PSD na Bahia, Otto Alencar.

Tempos atrás, Neto e Coronel fizeram dobradinha em campanha para deputado federal e estadual, respectivamente. Com vistas às eleições de 2018, a reaproximação de Neto, iniciada nas tratativas para sua candidatura e eleição de Ângelo Coronel à presidência da AL-BA, parece cada vez mais intensa.

Questionado sobre a polarização entre o governador Rui Costa e ACM Neto rumo a 2018, Coronel sugeriu uma terceira via. “Vai ser boa disputa, mas seria bom ter um terceiro nome. Torço que meu partido tenha candidato. Na hierarquia o primeiro nome é Otto Alencar”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário