sexta-feira, 12 de maio de 2017

Defesa de Lula denuncia Moro no Conselho Nacional de Justiça

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram com reclamação disciplinar contra o juiz Sergio Moro na última quarta-feira (10) no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Segundo informações do jornal O Globo, a petição está registrada com o número 0003865-65.2017.2.00.0000. No documento, assinado também pelo próprio ex-presidente, os advogados pedem providências sobre a decisão de Moro de vetar a gravação independente da audiência.

A defesa de Lula havia solicitado gravação paralela à feita pela Justiça Federal antes da audiência entre o ex-presidente e o juiz responsável pela primeira instância da Operação Lava Jato.

Os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira pedem que Moro seja notificado para prestar informações em até 15 dias, "sem prejuízo de outras diligências necessárias para apurar as verossimilhanças da imputação". Eles solicitam, ainda, que “sejam adotadas as medidas previstas no Regimento Interno do CNJ, com a eventual imposição de sanções disciplinares” ao juiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário