domingo, 28 de maio de 2017

Jovem teve corpo queimado e esquartejado em Ilhéus

Danillo Roque Ribeiro da Silva, de 27 anos, foi morto com barra de ferro, queimado e teve parte do corpo esquartejada. O corpo dele foi liberado no final da tarde deste sábado (27), em Ilhéus. O jovem foi identificado por parentes no Departamento de Polícia Técnica (DPT), que estavam inconformados com o crime. Dois homens estão presos. 

Segundo informou o delegado à reportagem da TV Santa Cruz, um jovem de 25 anos, identificado como Bruno Prado Silva, procurou a delegacia de Ilhéus às 3h da madrugada deste sábado, dizendo que Danillo tinha sido morto e que o corpo estava numa casa no bairro Jardim Pontal. 
Quando a polícia chegou ao local, encontrou o corpo dentro de uma caixa d'água que fica no fundo da casa. Os braços tinham sido cortados, parte da perna também tinha sido cortada e o corpo estava parcialmente queimado.

O dono da casa, o designer de ambientes de festa, Gersivaldo Cardoso Guimarães, de 41 anos, foi preso em flagrante. A polícia informou que ele seria companheiro de Danillo. Em depoimento, ele assumiu que matou a vítima com quatro pancadas de barra de ferro na cabeça. O motivo teria sido porque Danillo havia roubado pertences dele. 

Gersivaldo ainda disse que Bruno, que é amigo dele, teve a ideia de queimar o corpo, mas depois trancou Gersivaldo dentro da casa e fez a denúncia.  A família de Danillo pede Justiça. "Ele sempre viveu bem com todo mundo, sempre foi cordial, alegre, querido por todos. Não tem esse tipo de confusão com ninguém. Ele andava de peito aberto", disse o pai, Valdemir Roque. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário