quarta-feira, 24 de maio de 2017

MP investiga obra feita na Rua do Paty

O Ministério Público de Itabuna investiga obra suspeita feita com 12 anos de atraso e para isso protocolou um ofício na Prefeitura de Itabuna no dia 8 de maio, pedindo informações sobre uma obra feita na Rua do Paty, no bairro São Caetano, em março. O promotor Patrick Pires da Costa quer entender detalhes suspeitos.

Um deles é por que a obra foi feita pela Secretaria de Administração e não pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, responsável por todas as obras da cidade, que sequer foi informada. Na época, o engenheiro Chico França, responsável pelas obras, pediu explicações.
Resultado de imagem para fernando gomes de itabunaO secretário de Administração, Dinailson Gomes, sobrinho do prefeito Fernando Gomes, não deu explicação alguma e França pediu demissão. Outro mistério é a pressa em executar a obra, sem seguir os trâmites normais.

12 anos atrás
Uma informação talvez explique. Esta obra deveria ter sido feita e concluída em 2005, em mandato anterior de Gomes. Para isso, ele recebeu uma verba federal de R$ 550 mil, suficiente para todas as etapas do trabalho.


Mas o Tribunal de Contas da União não recebeu nenhuma prova de que a obra tinha sido concluída, por isso condenou Fernando Gomes a devolver R$ 92 mil, corrigidos e com recursos próprios, e ainda o multou em R$ 15 mil.

Segundo uma fonte da Prefeitura, Fernando recorreu da decisão e a obra deveria ser vistoriada pelo TCU neste ano, para verificar se tinha sido feita. Por isso, foi iniciada às pressas em março, para justificar o gasto de R$ 550 mil de 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário