terça-feira, 13 de junho de 2017

Bahia é o segundo estado com maior número de crianças trabalhando

A Bahia continua com um dos maiores números do trabalho infantil em relação aos demais estados do país. Houve uma queda de 74,4% entre 2002 e 20015, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do IBGE. Os dados mais recentes, de 2015, apontam que 71.773 crianças trabalham no estado. Nesta segunda-feira (12), é o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. 

Apesar disso, a Bahia continua em segundo lugar no Brasil, atrás apenas de Minas Gerais, que tem 93.015 pessoas de 5 a 14 anos trabalhando. O trabalho nesta faixa etária é proibido por lei. De acordo com o IBGE, em 2002, praticamente 1 em cada 10 crianças baianas de 5 a 14 anos trabalhavam (9,7%). Em 2015, essa relação caiu para 2,9%, o que mantém o estado entre os 10 com maiores percentuais de crianças de 5 a 14 anos trabalhando (nível da ocupação). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário