sábado, 3 de junho de 2017

Brasileiro trabalhou até hoje só para pagar os impostos desse ano, aponta pesquisa

Completam nesta sexta-feira (2) os 153 dias que o brasileiro terá que trabalhar em média neste ano somente para pagar tributos. 

O cálculo é do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), que assim como no ano passado estima que 41,80% de todo o rendimento ganho atualmente está sendo destinado a impostos, taxas e contribuições exigidos pelos governos federal, estadual e municipal. Serão 5 meses e dois dias de trabalho cujos rendimentos serão destinados aos cofres públicos. 

O tempo é o mesmo desembolsado no ano passado, que foi ano bissexto, mas representa o dobro do que se trabalhava na década de 70 (2 meses e 16 dias na média) para pagar a tributação, segundo o IBPT. Dependendo da faixa de renda, o comprometimento da renda com impostos pode ser maior ou menor. 

Na faixa mensal de rendimento de R$ 3 mil a R$ 10 mil (classe média), o peso dos tributos é maior, comprometendo 44,54% da renda. Na faixa mais alta, com rendimento mensal acima de R$ 10 mil, a mordida é de 42,62%. O peso dos tributos sobre o consumo e sobre a renda também muda de acordo com a classe social.

5 comentários:

  1. Fico besta como não vejo nenhum comentário..agora bastar matar um vagabundo aqui chove de comentários...ESTAMOS SENDO ASSALTADOS PELO NOSSO PROPRIO GOVERNO...ACORDA MEU POVI

    ResponderExcluir
  2. ESSA MATERIA NAO È VERIDICA,OJI E TAXI DAY DUS PAISES DO PRIMEIRO MONDO,O BRASIL AINDA VAI MUITO MAIS A FRONTE PARA PAGAR AS TAXAS

    ResponderExcluir
  3. Agora vai começar o ano pra gente....triste isso viu....Brasil...Barril

    ResponderExcluir
  4. Devemos atentar para a maior perversidade praticada pela quadrilha de marginais alojados no poder: a cobrança de impostos sobre os alimentos. Os impostos incidentes sobre os alimentos, penalizam a classevtrabalhadora com salário mínimo. Consideremos ainda que, os cidadãos pobres deste país sofrem a crueldade de pagar impostos escandalosos que não lhe trazem nenhum benefício e servem apenas para prover as mordomias e o enriquecimento criminoso dos bandidos que nada produzem e explora e escraviza um povo ignorante e miserável. Porém, o mais desesperador para os cidadãos revoltados, é a ausência de desejo de libertação desse povo palerma que, sequer é capaz de sonhar com a possibilidade de libertação dessa casta de ladrões que o escraviza. Totalmente desanimador a passividade e a covardia de uma população que venera ladrões que que a mantém eternamente refém da miséria, da ignorância e da servidão covarde. Pobre país, pobre povo brasileiro!

    ResponderExcluir
  5. Nossa estou começando sentir vergonha de ser Brasileiro,devia tomar tudo de quem
    roubou o pais e vender,devolver aos cofres publicos,nao tirar do povo ninguém tem
    culpa deles roubar,politicos se elegem entra direito la vira ladrão.Onde estar erro?Isso vai acabar nunca,mas tenho esperanças de 1 brasil melhor daqui a 600 anos.

    ResponderExcluir