sábado, 3 de junho de 2017

Brasileiro trabalhou até hoje só para pagar os impostos desse ano, aponta pesquisa

Completam nesta sexta-feira (2) os 153 dias que o brasileiro terá que trabalhar em média neste ano somente para pagar tributos. 

O cálculo é do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), que assim como no ano passado estima que 41,80% de todo o rendimento ganho atualmente está sendo destinado a impostos, taxas e contribuições exigidos pelos governos federal, estadual e municipal. Serão 5 meses e dois dias de trabalho cujos rendimentos serão destinados aos cofres públicos. 

O tempo é o mesmo desembolsado no ano passado, que foi ano bissexto, mas representa o dobro do que se trabalhava na década de 70 (2 meses e 16 dias na média) para pagar a tributação, segundo o IBPT. Dependendo da faixa de renda, o comprometimento da renda com impostos pode ser maior ou menor. 

Na faixa mensal de rendimento de R$ 3 mil a R$ 10 mil (classe média), o peso dos tributos é maior, comprometendo 44,54% da renda. Na faixa mais alta, com rendimento mensal acima de R$ 10 mil, a mordida é de 42,62%. O peso dos tributos sobre o consumo e sobre a renda também muda de acordo com a classe social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário