sexta-feira, 16 de junho de 2017

Criança de dois anos morre após ser estuprada; padrasto é o principal suspeito



A pequena Maria Eduarda, de apenas 2 anos, morreu nesta sexta-feira (16) após ser vítima de estupro em Paulo Afonso, no Norte da Bahia. Segundo a Polícia Civil, o principal suspeito é o padrasto da criança, Valderi Eloi Bonfim, 59 anos, que foi preso.

A mãe da menina foi levada para a delegacia, para prestar depoimento, mas foi liberada. A criança chegou a ser socorrida para o hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

O crime ocorreu nesta quinta, e Maria Eduarda chegou a passar a noite internada. Na delegacia, Valderi contou que a criança desmaiou enquanto ele dava banho nela. A mãe estava em casa no momento do crime, mas não teria presenciado o estupro.

Parentes da vítima disseram à polícia que os médicos confirmaram que a menina tinha sinais de agressão sexual. O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso e deve passar por perícia para confirmar a causa da morte. *CORREIO

5 comentários:

  1. POR ISSO QUE ESTOU COM BOLSONARO..... PRA MIM UM VERME DESSE NÃO PODE CONTINUAR VIVO!

    ResponderExcluir
  2. A minha indignação é que um canalha desse não era para ser preso não tinha que dar não mal do povo e deixa ele ser espaçador até a morte.

    ResponderExcluir
  3. monstro maldito merece a morte Deus que me perdoe quem sou eu sou p jugar mais tem q achar um pior q ele

    ResponderExcluir
  4. O delegado da polícia civil, foi exonerado do cargo de comunicação​da polícia porque falou a verdade. Quando ele disse que as mulheres trocavam de padastro e isso era um risco e muitas se ofenderam.

    ResponderExcluir
  5. Tem que pegar esse sacas velho, vestir ele em uma langerie vermelhinha, colocar batom na boca.E depois entregar aos meninos do presídio pra ele ver o doce.

    ResponderExcluir