quarta-feira, 7 de junho de 2017

Funcionário da vara da infância e juventude de Itabuna lutou com assassino antes de morrer

O servidor público Lindomar casais dos anjos, 52 anos, foi assassinado na noite de terça-feira (06), na Rua Santa Rita de Cassia, bairro Sarinha Alcântara, em Itabuna. Lindomar foi morto com golpes de arma branca no pescoço e foi encontrado no quarto, joelhado e com os braços sobre a cama.

Ao lado do corpo, uma faca tipo peixeira e muito sangue. Além disso, na casa de Lindomar foram encontrados objetos quebrados e uma segunda faca foi encontrada na cozinha da casa, o que indica que Lindomar provavelmente entrou em luta corporal com o assassino, que pode estar ferido. Lindomar era natural de Camacã e trabalhou por muitos anos na vara da infância e juventude de Itabuna.

Vídeo do BA-TV
De acordo com a delegada de plantão Divanice Dias, os detalhes encontrados na cena do crime podem ajudar na elucidação do mesmo, já que a cena do crime estava bem preservada.

Testemunhas informaram ao Verdinho que Lindomar estava em companhia de um homem, momentos antes de ser morto. Ainda não se sabe o motivo, mas os dois teriam começado uma discussão, que teria culminado com o assassinato. Ao ser golpeado, ainda na sala de casa, a vítima correu para o quarto e trancou a porta. Mas, não resistiu aos ferimentos.
A casa estava fechada e o assassino teria fugido pelos fundos da residência a polícia militar fez buscas na localidade, na tentativa de prender o suspeito, que continua foragido.

Segundo moradores Lindomar era muito querido, e não tinha envolvimento com nada ilícito.

Marcos Antônio coordenador do DPT e a perita Flávia estiveram na manhã desta quarta- feira (07) no local do crime em busca de pistas que levem à elucidação do assassinato. Após a perícia técnica foi confirmado que já se tem um possível suspeito e nas próximas horas o seu nome será divulgado.

Link relacionado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário