terça-feira, 13 de junho de 2017

Marcelo Rezende desiste de quimioterapia e segue tratamento alternativo, diz coluna

O apresentador Marcelo Rezende, 65 anos, desistiu de continuar fazendo quimioterapia para combater o câncer no pâncreas e fígado, diagnosticado no último mês. De acordo com o colunista Daniel Castro, do Notícias da TV, do Uol, Rezende resolveu se dedicar a um tratamento alternativo que tem base na alimentação. 

A dieta em questão é baseada em proteínas e gorduras e é divulgada no Brasil pelo cardiologista e nutrólogo Lair Ribeiro. O objetivo é cortar os carboidratos para "matar as células de fome", reduzindo fornecimento de glicose. As células cancerígenas, diz a teoria, se alimentam apenas de açúcares e o corte desse tipo de comida faria o tumor diminuir. 
Rezende anunciou sua doença durante o Domingo Espetacular, em 14 de maio, uma semana depois de ser afastado do Cidade Alerta. "Eu não tenho medo da morte. Tem gente que tem, mas eu não. Porque o homem que tem fé não tem medo, ele sabe que vai vencer". disse, na época. 

Ainda de acordo com a coluna, Rezende completou o primeiro ciclo do tratamento por quimiterapia, considerado o de maior índice de sucesso contra o câncer, mas não voltou após o período de descanso. Normalmente, por conta dos efeitos colaterais, o tratamento é feito em ciclos que incluem até três semanas de descanso entre eles. 

O apresentador tem viajado constantemente para um "retiro espiritual" em Juiz de Fora. "Estou indo para o que eu chamo de 'Farmácia de Deus', um local onde estou sendo acolhido, cuidado e, mais do que isso, caminhando no sentido da cura", afirmou ele, em um vídeo postado em rede social. "Não adianta você curar o físico sem ter à frente o espiritual. E eu cuido muito do lado espiritual, porque quem está fazendo essa travessia da cura é Deus, é Ele quem me conduz".

2 comentários:

  1. certamente a fé é importante, más se ele estar com câncer ele teria que continuar a quimoterapia, e não parar como diz ter feito, espero até que ele não esteja cogitando milagres atribuída a cura e estar mentindo e enrolando as pessoas com falsa doença. nesse país podre com gente podre é uma verdadeira desgraça mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se quimioterapia salvasse alguém ninguém morreria de câncer. Essa quimioterapia só serve para dar dinheiro para laboratórios.

      Excluir