domingo, 25 de junho de 2017

Noite de São João sangrenta em Itabuna; três pessoas são assassinadas

A noite de São João (sábado, 24) foi marcada pela violência em Itabuna. Três pessoas foram executas num intervalo de apenas uma hora. De acordo com a polícia, todas elas teriam envolvimento com o crime.

O primeiro homicídio aconteceu na praça do bairro São Pedro, por volta das 19h30min. Uma pessoa identificada como Jônatas, foi assassinada com dois tiros. Mais detalhes, você confere na matéria a baixo.

A segunda pessoa morta foi identificada como Railton Dutra Dos Santo Neto, de 21 anos. Ele foi baleado na Rua Ribeirópolis, bairro Sarinha Alcântara, por volta das 19h50min. Railton chegou a ser socorrido por um carro popular, até o Hospital de Base, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda dentro do veículo.  O jovem foi atingido por quatro tiros, que acertaram as costas.
“Eu não tive escolha”
Ao Verdinho, o homem que socorreu a vítima disse que foi obrigado a prestar socorro à Railton. “Eu estava indo para minha casa, quando homens atravessaram na minha frente e foram logo me pedindo para eu dar socorro. Na hora neguei. Pedi para eles chamarem o Samu. Só que na hora todo mundo já gritava comigo, ‘vai deixar o cara morrer aqui é?’. Eu não tive outra escolha”, contou o rapaz, que não quis ser identificado.

A polícia recebeu informações de que os assassinos de Railton estavam em um veículo Duster, de cor branco.

Morte no Jubiabá
Já o terceiro Homicídio foi registrado por volta das 20h30min, no Condomínio Jubiabá, no bairro Ferradas. David Santana de Jesus, de 25 anos, foi morto com, pelo menos, oito tiros, atingiram diversas partes do corpo do morador. Este é o primeiro homicídio registrado naquela localidade.
Segundo o pai da vítima, David tinha envolvimento com o mundo do crime. “Ele tinha saído a pouco tempo do presídio de Itabuna, onde estava preso por furto", informou. Com esses dois homicídios, Itabuna registra o oitavo do mês de junho e o 70° em 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário