segunda-feira, 19 de junho de 2017

Pesquisa revela que 58,3% dos prefeitos é contra reeleição


A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) realizou pesquisa com os gestores que participaram da Marcha dos Prefeitos em Brasília, em maio último. 56,3% dos entrevistados são contra a reeleição para o Executivo. Para 58,3%, o mandato deve ter cinco anos.

O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), coaduna com o resultado majoritário.

“Eu considero o processo de eleição muito cansativo. Oito anos é muito tempo para o gestor. Eu não tenho o mesmo vigor do primeiro mandato”, afirma Eures. O prefeito de Bom Jesus da Lapa, reeleito com quase 80% dos votos, defende também os cinco de duração da gestão. De acordo com Eures, este é um tempo adequado para desempenhar as funções e realizar o trabalho prometido na campanha.


O presidente da entidade dos prefeitos baianos também defende uma trava na quantidade de mandato legislativo. “Não é bom para a democracia ter mandatos consecutivos. Acredito que quem detém a estrutura tem o poder para se reeleger. Dois ou três mandatos são suficientes. É preciso renovar. Isto é salutar para o processo democrático”. Na pesquisa da CNM 51,8% dos prefeitos entrevistados apoiaram a reeleição no Legislativo.

3 comentários:

  1. quem vai acreditar em boca de gente imunda, porca, desonesta, fútil, de ladrões de políticos. pena de morte pra político ladrão. nada tem credibilidade vindo dessa corja de vagabundos. meu voto é nulo!!!

    ResponderExcluir
  2. sid itape quanta vida tem qer more para melhora aquela a estrada

    ResponderExcluir
  3. O que falta é uma legislação clara e implacável para punir os bandidos que assolam este país de bananas. O Brasil é o paraíso dos bandidos!

    ResponderExcluir