quinta-feira, 22 de junho de 2017

Polícia Rodoviária deflagra Operação São João hoje (22)

A Companhia Independente de Polícia Rodoviária de Itabuna (CIPRv/Itabuna), deflagrou hoje (22), as 8h00, a Operação São João. O intuito é reduzir o número de acidentes nas estradas e rodovias da região, bem como garantir a segurança e fluidez no trânsito.

Para tanto, o policiamento será intensificado em locais críticos e serão realizadas atividades preventivas e fiscalizadoras, tais como abordagens a pessoas e a veículos, com utilização de Etilômetro.  Além disso, os policiais farão a pesquisa do veículo através de aplicativos (APP) que rapidamente, identifica as informações cadastrais, inclusive se o automóvel possui restrição de busca e apreensão, se foi furtado ou mesmo se á pendências com o licenciamento.

Em 2016, o número de acidentes com vitimas fatais reduziu 50% em relação a 2015. Para o Maj PM Edson José Ferreira de Brito Júnior, comandante da Unidade, a intenção da operação continua sendo a redução de acidentes de trânsito, nas rodovias e estradas estaduais. “Iremos fiscalizar as rodovias da nossa área de atuação, com o policiamento intensificado, a fim de que não haja acidentes de trânsito e muito menos, mortes nas estradas. O nosso objetivo é prevenir acidentes e preservar vidas. E nesse caso queremos levar tranquilidade aos condutores que se deslocam para as festas juninas”. 

Segundo o Cap PM Itamar da Encarnação Ferreira, Subcomandante da UOE, o aumento no fluxo de veículos é considerável e é preciso ficar atento aos trechos perigosos, que dão acesso às cidades que ocorrerão os festejos juninos. “Nessa época, o fluxo de veículo aumenta em torno de 50%, principalmente aqui no interior, onde os festejos juninos são intensos. É preciso ter atenção redobrada na hora de viajar, pois há trechos perigosos e locais com difícil acesso, como a estrada que leva a cidade de Ibicuí. Isso pode causar acidente de porte grave a qualquer momento”.  
A Operação vai até as 8h00 da manhã de segunda-feira (25).

Nenhum comentário:

Postar um comentário