segunda-feira, 5 de junho de 2017

Quatro cidades da Bahia estão entre as 10 mais violentas do país, diz estudo

Quatro cidades da Bahia aparecem entre as 10 mais violentas do Brasil, segundo o Atlas da Violência 2017. Lauro de Freitas, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Porto Seguro aparecem com as maiores taxas de homicídios do estado, contabilizando as taxas de homicídios e mortes violentas com causa indeterminada (MVCI), a cada 100 mil habitantes. 

Os dados foram produzidos pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e levam em consideração o período entre 2005 e 2015. 

No atlas, uma lista com os 30 municípios mais violentos do país considera apenas as mortes que aconteceram em 2015. Nesse ano, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), teve 177 homicídios – número menor do que outras cidades –, mas na porcentagem com a população, tem uma taxa de 92,5% de homicídios e 5,2% de MVCI. Já Simões Filho, também na RMS, teve 112 homicídios, com taxa de 84,1%, mais 8,3% de MVCI, contabilizando o total de 92,3%. 

Em sétimo lugar, aparece Teixeira de Freitas, no Sul do estado, teve 114 homicídios, com 72,2%, e 15,8% de MVCI, totalizando 88,1%. Em nono lugar, Porto Seguro, também no Sul da Bahia, teve 123 homicídios, com taxa de 84,6%, 1,4% de MVCI, totalizando 86%. Em primeiro lugar no país, aparece a cidade de Altamira, no Pará, com taxa de homicídios e MCVI de 107%. Os dados são do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, referentes ao intervalo de 2005 a 2015, e dos registros policiais publicadas no 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do FBSP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário