segunda-feira, 5 de junho de 2017

Quatro cidades da Bahia estão entre as 10 mais violentas do país, diz estudo

Quatro cidades da Bahia aparecem entre as 10 mais violentas do Brasil, segundo o Atlas da Violência 2017. Lauro de Freitas, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Porto Seguro aparecem com as maiores taxas de homicídios do estado, contabilizando as taxas de homicídios e mortes violentas com causa indeterminada (MVCI), a cada 100 mil habitantes. 

Os dados foram produzidos pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e levam em consideração o período entre 2005 e 2015. 

No atlas, uma lista com os 30 municípios mais violentos do país considera apenas as mortes que aconteceram em 2015. Nesse ano, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), teve 177 homicídios – número menor do que outras cidades –, mas na porcentagem com a população, tem uma taxa de 92,5% de homicídios e 5,2% de MVCI. Já Simões Filho, também na RMS, teve 112 homicídios, com taxa de 84,1%, mais 8,3% de MVCI, contabilizando o total de 92,3%. 

Em sétimo lugar, aparece Teixeira de Freitas, no Sul do estado, teve 114 homicídios, com 72,2%, e 15,8% de MVCI, totalizando 88,1%. Em nono lugar, Porto Seguro, também no Sul da Bahia, teve 123 homicídios, com taxa de 84,6%, 1,4% de MVCI, totalizando 86%. Em primeiro lugar no país, aparece a cidade de Altamira, no Pará, com taxa de homicídios e MCVI de 107%. Os dados são do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, referentes ao intervalo de 2005 a 2015, e dos registros policiais publicadas no 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do FBSP.

8 comentários:

  1. É amiguinho, Itabocas é assim violenta e nem aparece na lista, tendo cidade pior, imagina...

    ResponderExcluir
  2. É mesmo esse IPEA dá dados de 10 anos de diferença é só observar que em 2012, ITABUNA era a 8 mais violenta do Brasil segundo o MAPA da VIOLÊNCIA e pelo IPEA que contabiliza com um método sem noção de diferença de 10 anos nós apareciamos em 55. Eles olharam os homicídios de 2002 até 2012 isso não é parâmetro

    ResponderExcluir
  3. 2005 @ 2015...ai fica os que sabem tudo das radios AM...falando quemaravilha itabuna sai da estatisticas...kkkk..rindo ate 2020!!!

    ResponderExcluir
  4. porto seguro estao dentre eles e o capitao e um soldado apreendendo carro na rodoviaria de porto ganhado proprina do velho carleto onde vamos parar.prender bandido nao quer quer ganhar dinheiro sujo da mao do velho bode tomara q voce perca a farda por abuso seu branquelo

    ResponderExcluir
  5. Parabéns ao governo Petralha, mais de 10 anos acabando com a vida dos baianos.

    ResponderExcluir
  6. Em Porto Seguro eles não divalgam ,os dados reais nunca,pois la morre gente todos os dias vitima de armas de fogo

    ResponderExcluir
  7. Verdinho isso é uma vergonha vcs divulgando uma coisa que é de 2015 que essa midia comprada estão divulgando, sabemos do compromisso de vcs com a informação porém esses caras que dilvulgaram isso estão tentando esconder algo , nos nao somos trouxas , hoje o sistema são todos conectados, nos estamos na er digital as informações sõ intntaneas, eles querem nos fazer de trouxas , e alem do mais colocam o Nordeste em evidencia.

    ResponderExcluir
  8. se ligue na bunda da nega que ta na laje olhando, boa vuhh

    ResponderExcluir