quinta-feira, 8 de junho de 2017

Sem ganho real, Legislativo itabunense aprova revisão salarial

Dentro do que prevê a Constituição Federal, o Legislativo itabunense aprovou nessa terça, 06, a revisão anual nos salários dos empregados efetivos da Casa e nos subsídios dos vereadores. A Mesa Diretora ofereceu 6,29% de reajuste. Esse índice, contudo, somente repõe as perdas com a inflação do ano anterior, ou seja, sem ganho real para servidores e agentes políticos.

Por um acordo dos líderes partidários, a proposta da Mesa foi discutida e votada nos dois turnos necessários na mesma sessão plenária. Por ser fruto de um projeto de lei específica, a revisão geral foi encaminhada para sanção do Chefe do Executivo itabunense.

O valor atual do subsídio pago aos vereadores itabunenses (R$ 10.021,17 – sem os descontos), fixado em 2012. “O que aprovamos agora é a revisão salarial, uma garantia constitucional. O índice de 6,29% servirá tão somente para corrigir perdas inflacionárias de 2016, sem, de fato, alterar o subsídio. Tudo dentro da lei”, ressalta o presidente do Legislativo, Chico Reis (PSDB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário