terça-feira, 20 de junho de 2017

Triplo assassinato em Camacan: pai e filho apontados como suspeitos são presos

A polícia de Camacan prendeu nesta segunda-feira (19), duas pessoas suspeitas de matar três homens, que estavam desaparecidos desde quinta-feira da semana passada.  Os acusados são pai e filho: José Carvalho de Jesus, mais conhecido como “Zé Rico”, de 73 anos, e José Rodrigues Carvalho dos Santos, de 29.

Uma das hipóteses investigadas pela polícia é de que o crime esteja relacionado à disputa de terras, fato, infelizmente, muito comum naquela região. Entre outras pistas, os investigadores chegaram a essa suspeita após descobrirem que o pai de duas das vítimas, identificadas como Lusimar Ribeiro Brito, 39, e Risomar Barbosa da Silva, 41, preside uma associação ligada ao movimento sem terra.

A briga entre acusados e vítimas teria se tornado ainda mais séria porque, segundo os próprios suspeitos, eles já haviam residido na Fazenda Rochedo, atual moradia da família de Lusimar e Risomar. O pivô das desavenças, no entanto, seria a dificuldade que os acusados estariam tendo em colher cacau na propriedade, atividade antes autorizada, garantiram o idoso e o filho, em depoimento à polícia.

Os corpos dos três homens foram encontrados ontem (18), numa mata de difícil acesso, na zona rural de Camacan. O terceiro rapaz executado foi Jair Ribeiro Leal.

Link relacionado:
Três corpos são encontrados em matagal de Camacan; vítimas estavam desaparecidas há três dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário