segunda-feira, 26 de junho de 2017

Turista Alemã diz ter sito violentada por 10 alemães em Salvador; SSP investiga o caso


A polícia ainda não conseguiu identificar a suposta turista alemã que teria sido estuprada por 10 homens na Barra, no último domingo (26). Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou, nesta segunda-feira (26), que “analisa as imagens das câmeras espalhadas na Barra na busca de indícios sobre a afirmação de uma mulher, que informou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris – para onde foi encaminhada depois de ser salva, na manhã domingo, de afogamento por equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia – que teria sido violentada por 10 homens”.

De acordo com a SSP-BA, “acionados por funcionários da UPA, policiais militares do 18º Batalhão da PM compareceram à unidade, onde foram comunicados que a paciente disse que teria sido sequestrada por 10 alemães no Pelourinho, na noite do dia 24, e levada à Barra onde a violência sexual teria acontecido. Ela teria alegado ainda que estes mesmos homens já haviam violentado na Alemanha e que só prestaria esclarecimentos na Delegacia dos Estados Unidos”.

Ainda segundo a Secretaria, funcionários da unidade médica informaram que, além de apresentar um quadro de confusão mental, a paciente também estava agressiva, não sabia informar onde morava e fugiu antes da conclusão do atendimento.

Por fim, a SSP-BA ressalta que não há “qualquer tipo de registro oficial do crime”. Equipes da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) foram à UPA dos Barris para buscar esclarecimentos sobre o caso e a vítima.


Informação sobre o caso podem ser encaminhadas anonimamente ao Disque-denúncia da SSP através do 71 3235-0000. A SSP reforça ainda que todo caso de violência deve ser oficializado nas unidades da Polícia Civil. Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário