terça-feira, 25 de julho de 2017

Em liberdade: acusado de homicídio já havia sido inocentado, mas mandado de prisão continuava em aberto

Ele foi preso no final da manhã desta terça-feira (25), em Itabuna, por força de um mandado de prisão, em aberto desde 2013. A acusação era de assassinato. Mas, algumas horas depois, Robson Santos de Oliveira deixava a prisão, após a polícia constatar que o documento, que deu vazão à detenção, não tinha mais nenhuma validade.

Conhecido como “Robson Ai Ai”, o rapaz foi detido pela Polícia Militar, numa localidade conhecida como “Buraco da Gia”, no bairro de Zizo. O crime aconteceu em 2012 e o mandado de prisão foi expedido pelo juiz Antônio Carlos Rodrigues de Moraes, então titular da 1° Vara do Júri e Execuções Penais de Itabuna.

O homem já tinha respondido pelo crime de assassinato, do qual foi inocentado. No entanto, a Justiça ainda não havia dado baixa no mandado de prisão, culminando, assim, em todo esse mal entendido. Robson, que já foi preso por tráfico de drogas, foi orientado pela polícia e deve procurar um advogado para resolver essa situação junto à Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário