quinta-feira, 27 de julho de 2017

Ex-lateral Perivaldo morreu essa madrugada, vítima de pneumonia


Aos 64 anos, Perivaldo Lúcio Dias, o ex-lateral direito Perivaldo, também conhecido como Peri da Pituba, morreu na madrugada desta quarta-feira, vítima de pneumonia, no Hospital Universitário Gafree e Guinle, na Tijuca, Zona Norte do Rio, onde estava internado havia uma semana.

Baiano de Itabuna (BA), Perivaldo foi revelado pelo clube que leva o nome de sua cidade, em 1973. Alcançou sucesso e reconhecimento em sua passagem pelo Botafogo, quando chegou à seleção brasileira. Atuou ainda por Bahia, Palmeiras, São Paulo, Bangu e Yukong Elephants, da Coréia do Sul. No entanto, ficou conhecido por um problema técnico: seus cruzamentos feitos por trás do gol.

Diretor do Hospital Universitário Gafree e Guinle, Fernando Ferry lamentou a morte do ex-atleta e explicou seu quadro clínico.

— Perivaldo vinha reagindo bem aos tratamentos. Chegou aqui com forte falta de ar e uma suspeita de tuberculose, problema que o afetou no passado e produziu graves danos a seus pulmões. Morreu essa madrugada, dormindo — afirma.

Em 2013, Perivaldo foi descoberto como morador de rua, em Lisboa (Portugal). Amigos se organizaram para ajudá-lo e uma forte mobilização, concentrada no Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro (Saferj), conseguiu um emprego e nova moradia para o ex-atleta.


Perivaldo estava sozinho no hospital. O sindicato está em contato com os parentes, que moram na Bahia, para viabilizar o sepultamento, que ainda não tem local e horários definidos.*O Globo


Nenhum comentário:

Postar um comentário