segunda-feira, 24 de julho de 2017

Justiça manda soltar filho de desembargadora preso com 129 kg de maconha

O filho da desembargadora e presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) Tânia Garcia Freitas, preso após ser flagrado com 129 quilos de maconha, 270 munições e uma arma conseguiu liminar e deixou o presídio de segurança média de Três Lagoas (MS). Ele foi encaminhado diretamente para uma clínica para internação médica. A liminar foi concedida pelo desembargador José Ale Ahmad Netto. 

Breno Fernando Solon Borges estava preso desde o dia 8 de abril e também é alvo de um mandado de prisão preventiva expedido pela Polícia Federal durante a Operação Céberus, deflagrada no dia 13 de junho.  De acordo com as investigações da PF, o rapaz integrava uma organização criminosa que contrabandeia armas e que planejava o resgate de um detento na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande. 

O nome de Breno apareceu em um dos celulares apreendidos na operação, sendo constatado o auxílio na ação criminosa. Ao todo, sete pessoas foram acusadas de participar da organização criminosa e tiveram prisão preventiva decretada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário