quarta-feira, 12 de julho de 2017

Morre ilheense que esperava transplante de coração

Joilho Alves Munis, 46 anos, lutava contra uma doença do coração e precisava de transplante. O morador da Avenida Esperança, zona norte de Ilhéus, estava internado no Hospital Geral Luiz Vianna Filho, onde permaneceu nos últimos dias aguardando uma melhora para poder ser transferido para a cidade de São Paulo onde aguardaria na fila do transplante. Joilho faleceu na manhã desta terça-feira(12). 

Receber o transplante de um coração era a esperança de Joilho. No Inicio do mês, familiares e amigos lançaram a campanha na internet para arrecadar dinheiro para levá-lo ao estado de São Paulo. Ontem (11), Joilho entrou em coma e passou a respirar com o auxílio de aparelhos, não resistindo e vindo a obtido na manhã de hoje. 

O empresário Arizon Alves que iniciou a campanha lamenta profundamente o ocorrido “Fizemos o que pudemos para ajudar, estávamos ciente da situação, entretanto, como o próprio Joilho pontuava que gostaria de morrer tentando, e foi dessa forma, ele lutou até o ultimo instante, infelizmente não conseguiu, mas tentou” declarou. 

Arizon também agradece a todos que colaboraram “Gostaria de agradecer a todos que colaboraram, seja financeiramente ou através de orações, que Deus abençoe cada um de vocês” finalizou. O corpo ainda está no Hospital Regional. A família ainda não divulgou local e hora do sepultamento. (Ilhéus em Pauta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário