quinta-feira, 6 de julho de 2017

Sequestradores queriam o carro da vítima para se vingar de ataque ocorrido no Gogó da Ema

À tarde desta quarta-feira (05) deixou os itabunenses apreensivos. A notícia era de que uma mulher havia sido sequestrada na cidade.

Gabriela da Silva Filadelfo, de 36 anos, foi vítima de um sequestro relâmpago, e viveu momentos de pânico nas mãos dos sequestradores.

A vítima foi levada da Rua Monsenhor Moisés por volta das 14h20min, o crime foi registrado por câmeras de segurança que ficam próximas ao local. Provavelmente o interesse principal dos sequestradores era o carro de Gabriela, um Celta prata, de placa JSJ 8090.

Enquanto ficou em posse dos sequestradores a vítima foi ameaçada de estupro e até de morte, ao todo, seis homens estavam envolvidos na ação, e chegaram a discutir na frente da vítima, nessa discussão, um deles chegou a dizer que nada seria feito contra a Gabriela, discordando de alguns comparsas que a ameaçavam.

A escolha do veículo

Durante alguns ataques ocorridos nos últimos dias na cidade de Itabuna, testemunhas afirmaram que homens chegaram atirando do interior de um veículo Celta, de cor prata, parecido com o de Gabriela, isso justifica a escolha da vítima.

Enquanto ficou em posse dos sequestradores, Gabriela os ouviu dizer,  que iriam se vingar do que tinha ocorrido no Bairro Gogó da Ema, no último sábado (01),  quando homens chegaram atirando e atingiram quatro pessoas,  dentre elas, uma criança de apenas oito anos, que morreu no local.

Gabriela é libertada

A vítima foi libertada por volta das 18h00,  na Avenida Juracy Magalhães. Logo após ser solta,  ela entrou em contato com o namorado.

A família de Gabriela estava desesperada e a mãe agradeceu a Deus de joelhos, pelo reencontro com a filha. As duas estavam visivelmente abaladas e choravam bastante.

A delegada Lisdeili Nobre, já havia encerrado o seu expediente quando Gabriela chegou à delegacia, mas retornou para tomar o depoimento da vítima.

O carro da vítima ainda não foi recuperado, o caso será investigado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos da cidade de Itabuna.

Veja o vídeo no momento do assalto:



Nenhum comentário:

Postar um comentário