quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Bahia tem 744 espécies de plantas consideradas em extinção; exploração é proibida

A Bahia possui 744 espécies de plantas consideradas em extinção. Destas, 122 estão em estado crítico de vulnerabilidade, 356 em perigo e 266 em situação vulnerável. A informação foi divulgada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), nesta terça-feira (22).

A lista com as espécies foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça. A Portaria nº 38 proíbe o corte, coleta, transporte, armazenamento, manejo, beneficiamento e comercialização das espécies no território baiano.

Além disso, os estoques ou planteis cultivados das espécies enquadradas na lista vermelha devem ser declarados em até 180 dias, em qualquer unidade do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Conforme a Sema, em caso de finalidades de pesquisa científica ou de conservação das espécies, ficam permitidas a coleta, o transporte, o beneficiamento, o armazenamento e o manejo, desde que autorizados pelo Inema.

Ainda segundo a Sema, entre as espécies consideradas em extinção estão a Massaranduba (Manilkara decrescensT.D.Penn. e M. multifida T.D.Penn.), o Oiti-cumbuca (Parinari alvimii Prance), o bambuzinho (Anomochloa marantoidea Brongn.) e o olho-de-boi e pau-sangue (Ormosia limae D.B.O.S.Cardoso e L.P.Queiroz e Pterocarpus monophyllus B.B.Klitgaard, L.P.de Queiroz &G.P.Lewis).

Estudo

O estudo, realizado pelo projeto da Superintendência de Estudos e Pesquisas Ambientais da Sema (SEP), analisou 1.255 espécies da flora baiana. O projeto teve a coordenação da Professora Sofia Campiolo (UESC), contou com a participação do Professor Jomar (UFSB), e o apoio executivo do Instituto Dríades de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade.

Conforme a Sema, o trabalho demandou envolvimento da comunidade científica nacional, por meio de instituições de pesquisa e acompanhamento do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Participaram do processo cerca de 100 especialistas de aproximadamente 30 instituições, que prestaram relevante colaboração ao trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário