sexta-feira, 18 de agosto de 2017

“Brava gente brasileira” será tema do Sete de Setembro em Itabuna


Representantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada se reuniram na manhã desta sexta-feira (18), na Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC), para definir os detalhes finais para o tradicional Desfile de 7 de Setembro em Itabuna, que terá como tema este ano, “Brava gente brasileira”. A agenda girou em torno de questões relacionadas à ordem do desfile, da segurança, do tempo determinado para cada escola, e ainda, o que representa a data na própria História do Brasil. 

De acordo com a organização, a solenidade cívica será aberta às 7h40min com a leitura do texto oficial pelo cerimonial do governo, seguido de hasteamento das bandeiras do Brasil, pelo prefeito Fernando Gomes; da Bahia, pelo tenente-coronel PM Daniel Riccio, Comandante do 15º BPM, e de Itabuna, pelo presidente da Câmara de Vereadores, Chico Reis.

Na sequência haverá execução dos hinos do Brasil e de Itabuna e revista à tropa militar que inclui os contingentes do Tiro de Guerra, 15º Batalhão da PM, Polícia Rodoviária Estadual e Federal, 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros e do Colégio Militar, pelo prefeito Fernando Gomes, seguida da abertura oficial do desfile cívico com a participação de escolas e instituições representativas da sociedade civil organizada.

Estruturação

A organização dividiu o desfile em cinco grupos, com os militares abrindo o primeiro bloco, levando para a avenida Cinquentenário o TG e a banda marcial; seguido do Colégio da PM, da polícias rodoviárias Estadual e Federal, Bombeiros, Esquadrão da Policia Montada, Cipe Cacaueira e a Guarda Municipal.

No segundo grupo desfilam entidades como Núcleo Cuidar, Apae, Gaac, Bandeirantes, Lojas Maçonarias, Ordem Demolay, Desbravadores e Aventureiros, além do Instituto Flauta Carlos Oliveira, LBV, clubes de Rotary e do Lions e as fundações Marimbeta e Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc). Nos grupos três, quatro e cinco desfilam as escolas municipais, particulares e estaduais, respectivamente.

A diretora do Departamento da Educação Básica da Secretaria de Educação de Itabuna, Elisângela Messias, informou que das 98 escolas da rede municipal, apenas 11 participarão do desfile. Segundo ela, as dificuldades financeiras enfrentadas pelo município impedem que todas as demais unidades participem do desfile. “Não adianta fazer bonito na avenida enquanto as escolas tentam se organizar e equilibrar o orçamento financeiro uma prioridade estabelecida pelo prefeito Fernando Gomes, que considera educação, essencial na promoção do desenvolvimento,” complementou. 


Hino da Independência

Com relação ao tema escolhido este ano, a assessora de artes e atividades complementares do Departamento da Educação Básica da Secretaria de Educação, Silvia Olivia Smith Lima Azevedo, explicou ele, faz alusão aos versos do Hino da Independência, composto em 1822, pelo poeta Evaristo da Veiga.

“A ideia é fomentar a discussão sobre liberdade e cidadania, por meio de imagens e de mensagens veiculadas no desfile”. Ela complementa ressaltando que “a trajetória heroica do povo brasileiro e sua história marcada por lutas resultaram em conquistas e garantia de direitos essenciais ao exercício pleno da cidadania”.

Participaram da reunião pela manhã, representantes da polícias Militar e das rodoviárias Estadual e Federal, Guarda Municipal, Bombeiros, SAMU, Desbravadores, Ficc, LBV, Loja Maçônica, Igreja de Jesus Cristos dos Últimos Dias, Tiro de Guerra, além de coordenadores e diretores das escolas particulares de Itabuna. Num outro encontro programado para à tarde do mesmo dia, participam representantes das escolas das redes municipal e estadual de Itabuna. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário