quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Deputado é recebido por prefeito de Malhada e anuncia recursos para hospital

O município de Malhada, localizado no Centro Sul Baiano, sudoeste da Bahia recebeu uma boa notícia na última sexta feira, trazida por Augusto Castro que anunciou recursos para a Saúde. O prefeito e sua equipe aguardavam o deputado para tratar de assuntos ligados ao sistema de abastecimento de água, quando foram surpreendidos com o anúncio de 450 mil reais, provenientes de uma emenda do Deputado Jutahy Magalhães, um dos nomes fortes do PSDB baiano e mais respeitados no Congresso Nacional. A verba servirá para compor a estrutura do hospital municipal que passa por uma série de modificações.

TRISTE SITUAÇÃO 
O prefeito da cidade, Álvaro Lacerda do PMDB, também conhecido como Dezim, está em seu quarto mandato e diz lamentar “o descaso do governo pelo que vem acontecendo”. Ele informa que há quatro anos a execução de uma obra para abastecer as 20 comunidades da zona rural ficou pronta, mas que até agora a Empresa Baiana de Saneamento – EMBASA não quis assumir. O projeto foi executado com recursos federais da ordem de 14 milhões de reais pela CODEVASF, empresa pública ligada ao Ministério da Integração para promover o desenvolvimento e revitalização de bacias, como a do São Francisco.

Segundo o secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, Zé Castor, após várias audiências e visitas técnicas da EMBASA, eles informam que o material utilizado na execução da obra foge ao padrão da empresa. No entanto, os municípios circunvizinhos, diz o secretário, se servem da água do São Francisco que passa pela mesma adutora que interliga Malhada às outras cidades. A tubulação está pronta, os hidrômetros instalados em todas as casas e os tanques dos moradores vazios.

Foi então que o prefeito convidou o deputado para conhecer de perto o problema e pedir sua intervenção junto aos órgãos competentes. Imediatamente Augusto Castro manteve contato com o Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto e obteve dele a promessa de resolver esse entrave o quanto antes. “Não podemos admitir este descaso com a população, nem com o dinheiro público. Malhada tem 75% de seus habitantes vivendo na zona rural e em condição precária, porque não tem água nas suas residências. As famílias sofrem e nós sofremos juntos com essa situação. Fico feliz que o Secretário e amigo Cássio Peixoto tenha assumido este compromisso conosco, pois sua atitude representa um alívio para todos nós”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário