quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Ex-jogador Edílson Capetinha é preso em Salvador por não pagar pensão

O ex-jogador de futebol Edílson 'Capetinha' foi preso na tarde desta terça-feira (15) em Salvador em cumprimento de um mandado de prisão temporária, segundo informação da Polícia Civil. O mandado foi expedido pela 2ª Vara da Família de Brasília por conta do não pagamento da pensão alimentícia para um filho do ex-atleta. Edílson já foi preso pelo mesmo motivo em outras duas ocasiões. Segundo a polícia, ele está detido na Polinter, onde ficará até conseguir uma vaga em um presídio de Salvador ou até quitar o valor do débito e ser solto. 

Capetinha foi preso em 2016 em Brasília por conta de uma dívida de pensão alimentícia que chegava a R$ 430 mil. Em 2014, o ex-jogador também foi preso em cumprimento de dois mandados expedidos pela Justiça do Distrito Federal. Na época, a prisão foi feita enquanto Edilson passava pela avenida Anita Garibaldi, em Salvador, e levado para sede da Polinter, no Complexo dos Barris. O ex-jogador também alvo de uma operação da Polícia Federal que investiga fraudes em pagamentos de prêmios das loterias da Caixa Econômica Federal. 

Ele chegou a ser conduzido coercitivamente, mas não ficou preso. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos na casa dele. Segundo a Polícia Federal, ele era suspeito de utilizar sua conta bancária para movimentar valores referentes a um esquema que, segundo estimativa da PF, teria desviado aproximadamente R$ 60 milhões em pouco mais de um ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário