terça-feira, 8 de agosto de 2017

Morte de mulher em academia na BA foi encomendada por amiga

A morte da mulher de 41 anos, em abril deste ano, dentro de uma academia no centro de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, foi encomendada por uma amiga da vítima, de 37 anos. A suspeita foi apresentada à imprensa nessa segunda-feira (7) e está presa desde o dia 12 de julho.

Conforme a polícia, Fernanda dos Santos Alves pagou R$ 500 para matarem Jumaria dos Santos Barbosa, assassinada a tiros. Fernanda confessou ter encomendado a morte de Jumaria por desconfiar que ela estivesse fazendo "trabalhos de magia negra" para mantê-la afastada do ex-marido, por quem a vítima estaria interessada. Jumaria e Fernanda se conheceram no final do ano passado, e se tornaram amigas.

Ainda segundo a polícia, outras cinco pessoas são suspeitas de participação no crime, uma delas é o executor, de prenome Branco. Já Rakmus Varjão Pereira Alves, a mulher dele, Taís Santos Ferreira, Diego Silva dos Santos e Gilmário Carneiro dos Santos teriam ajudado Fernanda a planejar o crime. A polícia aponta Rakmus e Gilmário como responsáveis por contratar Branco. Todos os suspeitos já possuem mandado de prisão preventiva expedidos pela Justiça.

Durante a apresentação de Fernanda, o titular da 23ª Delegacia Territorial (DT), de Lauro de Freitas, delegado Joelson Reis, e o delegado Maurício Costa, relataram que Fernanda foi presa no dia 12 de julho, na cidade de Natal (RN). Fernanda estava escondida na casa de parentes, e teve o mandado de prisão preventiva cumprido por policiais da 23ª DT, que contaram com o apoio de equipes da Delegacia Especializada de Homicídios de Natal. * Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário