sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Polícia de Ilhéus investiga relação entre assassinatos de Júnior Scher e adolescente de 14 anos

Polícia investiga relação entre mortes de Mateus e Scher || Reprodução
A coordenadora do Núcleo de Homicídios de Ilhéus e Região, delegada Andréa Oliveira, ouviu nesta quinta-feira (17) duas testemunhas nos inquéritos que investigam os assassinatos de Ismenio Roberto de Menezes Scher Júnior, mais conhecido como Júnior Scher, 38 anos, e Mateus Gomes dos Santos, 14 de anos. Os dois foram mortos com requintes de crueldade em Ilhéus.
A delegada confirmou ao PIMENTA que Ismenio Roberto foi amarrado com os braços para trás, espancado e executado com tiros de pistola 380. Ele foi assassinado na tarde de quarta-feira (16), no Condomínio Águas de Olivença, mesma localidade onde o adolescente também foi morto.

A polícia investiga se a execução de Júnior tem relação com o assassinato do menor. O corpo do adolescente foi encontrado na terça-feira (15), com cabeça e braço decapitados. A cabeça da vítima foi encontrada em um terreno próximo de onde a outra parte do corpo foi enterrada. Ele estava desaparecido desde sexta-feira passada.

Segundo a delegada, existem rumores de que Júnior Scher estaria envolvido no assassinato de Mateus Gomes, e que aquele teria sido morto por vingança. “Mas ainda não temos elementos que confirmem a relação entre esses crimes. Por isso, estamos investigando outras hipóteses para as duas mortes. Não podemos descartar nenhuma possibilidade até elucidação dos dois crimes”, afirmou a delegada Andréa Oliveira.

BRIGAS

A delegada explicou ainda que está apurando informações de que tanto Júnior Scher, que era de Itabuna, quanto Mateus Gomes teriam se envolvido em brigas recentemente. Júnior teria se envolvido em mais de uma briga, sendo que uma delas durante festa numa casa que tomava conta em Águas de Olivença.

A delegada investiga ainda se os crimes estão relacionados ao tráfico de drogas. A policial já solicitou laudos sobre os dois crimes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus e marcou para a próxima semana novos depoimentos relacionados aos dois inquéritos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário