quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Advogado pede reintegração de posse de fazenda de Geddel ocupada por índios

A defesa da família de Geddel Vieira Lima pediu em ação na Justiça a reintegração de posse da fazenda ocupada por indígenas na cidade de Itapetinga, sudoeste do estado, desde a madrugada de sábado (23).

 A ação foi protocolada na 2ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis, Comerciais de Itapetinga, na terça-feira (26), e está sendo apreciada pelo juiz Mário Neto. Ainda não há decisão. A área tem, ao todo, 643 hectares, o que equivale a 643 campos de futebol. Segundo o processo, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB) é listado como um dos autores da ação.

 O delegado Antônio Roberto Gomes da Silva Júnior, que é coordenador da Polícia Civil de Itapetinga, confirmou que a fazenda continua ocupada até esta quinta-feira e que não houve registro de conflitos, apesar de os indígenas estarem armados.

 Ainda segundo o delegado Antônio Roberto, o caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Itapetinga. Procurada pelo G1, a delegacia de Itapetinga informou, por sua vez, que a investigação foi enviada para a delegacia da PF em Ilhéus. A reportagem não conseguiu falar com a Polícia Federal em Ilhéus até esta publicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário